A Ville Verte de Le Corbusier como sistema: uma perspectiva centrada no parque

A Ville Verte de Le Corbusier como sistema

Leída en junio de 2013

AUTORA: RUTE CARLOS

Director: Xavier Monteys

Codirector: Paulo Jorge Silva Cruz

A dissertação tem como tema a Ville Verte – o modelo de “cidade-parque” que, em 1930, Le Corbusier imaginou para o sector residencial da Ville Radieuse. Para a analisar, iremos considerar: primeiro, os seus antecedentes (quer no âmbito da produção do arquitecto, quer no âmbito dos estudos que desenvolveu, designadamente, sobre Hénard); depois, o processo de trabalho que conduziu à fixação do modelo; e, por fim, a sua natureza sistémica. Defenderemos que a Ville Verte, mais do que um projecto, é um sistema de projecto.

A perspectiva sobre a Ville Verte que propomos, resultado de um trabalho de análise documental desenvolvido essencialmente na Fondation Le Corbusier, caracteriza-se ainda pela importância que atribui ao parque como elemento estruturante da cidade. Defenderemos que, mais do que um “fundo verde”, o parque é um suporte que organiza e complementa os vários constituintes da cidade, em relação aos quais mantém uma relação de efectiva interdependência.

Comparte este contenido:

No hay comentarios »

No comments yet.

Deja un comentario